ECOMAPUÁ

Breves, Ilha do Marajó / PA, Brasil
Cobenefício Principal
Biodiversidade
Cobenefícios relacionados
Tipo de projeto
REDD
Ecossistema
Amazônia
Standards
VCS + SOCIALCARBON®
Registro
Markit™ Environmental

CONSERVAÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA

Localizado no interior da Ilha do Marajó, em uma das regiões de maior vulnerabilidade social e com baixíssimo Índice de Desenvolvimento Humano do Brasil, o projeto Ecomapuá Amazon REDD contribui ativamente para a redução do desmatamento, geração de renda alternativa paras as comunidades locais e com o desenvolvimento sustentável da região. Apenas na primeira década do Ecomapuá, a região apresentou 60% menos de perda florestal do que a área ao entorno.

Atualização junho de 2020

Em junho de 2020, a 2ª verificação do Ecomapuá Amazon REDD Project foi concluída. Isso significa que o projeto atende a todos os requisitos do Padrão Verified Carbon Standard (VCS) e pode gerar créditos de carbono até pelo menos 2022.

ODSs contempladas com o Ecomapuá

 

O Ecomapuá Amazon REDD Project já evitou o desmatamento de 3.513 hectares de terra, ou seja, cerca de 37.940.400 m2 de área e, por isso, deixamos de emitir 1.623.272 tCO2e para a atmosfera.

O projeto de REDD na região apoia aproximadamente 450 famílias locais e é avaliado, no aspecto socioambiental, pelo padrão de certificação Carbono Social.

 

Por meio dessa metodologia, comprovamos a evolução socioambiental nos seguintes aspectos:

  • Consultas frequentes às comunidades, cooperativas e demais partes interessadas a nível local que propiciam uma comunicação sinérgica entre equipe técnica e as pessoas impactadas pelo projeto.      
  • O projeto também fortalece alternativas de geração de renda para as comunidades locais, como os Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNM).
  • Ecomapuá Amazon REDD Project também possibilitou a criação da cooperativa COAMA composta por mais de 30 famílias das comunidades locais.
  • Hoje, a comunidade local realiza uma certificação bianual do açaí e organiza a produção graças ao projeto.
  • O Ecomapuá também possibilitou a construção de um viveiro de árvores para produção de mudas nativas com valor econômico.
  • A comunidade também tem a oportunidade de participar de cursos como agricultura e pesca sustentáveis, produção orgânica e certificação de açaí, práticas orgânicas, sustentabilidade, saúde e segurança no processo de produção, treinamentos de controle de incêndios, apicultura, dentre outros.
  • O projeto também destina doações mensais essenciais para o funcionamento da única escola da região, a Casa da Família Rural (CFR).
  • O Ecomapuá também financia bolsas de estudos em cursos de graduação para membros da comunidade.

 

No gráfico abaixo, é possível comprovar a evolução de quase 30% nos indicadores socioambientais monitorados, atingindo a nota média de 3,7 de 6.

Indicadores socioambientais do Carbono Social | Projeto Ecomapuá | Junho 2020

 

Descrição do Projeto

Localizado a 30 horas de barco da capital Belém/PA, o projeto Ecomapuá conserva cerca de 90.000 hectares do bioma amazônico na Ilha de Marajó, na jusante do Rio Amazonas. Com o projeto, a extração de recursos madeireiros foi proibida, sendo ela uma das principais causas de desmatamento da região. Além de conservar a rica biodiversidade da Amazônia, o projeto tem como objetivo encontrar alternativas de geração de renda para as comunidades locais e também contribuir para o desenvolvimento sustentável da região. Download PDF

Para onde vai seu dinheiro?

Ao comprar créditos de carbono deste projeto você está apoiando, patrocinando, financiando e tornando possível a redução de emissão de gases efeito estufa e diversas iniciativas no ambito social, ambiental e econômico como as seguintes:

Benefícios sociais

  • Infraestrutura: Construção de escola, aviário, tanques para psicultura e apiário nas comunidades locais.
  • Pesquisa Social: Desenvolvimento de estudo em parceria com universidades locais para entender a realidade social das comunidades ribeirinhas residentes na área do projeto.

Benefícios ambientais

  • Conservação de cerca de 90.000 hectares do bioma Amazônia.
  • Manejo sustentável da floresta: Cursos de coleta de sementes e produção sustentável de açaí para as comunidades locais.
  • Construção de viveiro para recuperar áreas degradadas com o plantio de espécies oleaginosas para incentivar a atividade de coleta de sementes, tais como andiroba e virola.

Benefícios econômicos

  • Geração de Renda: Promoção de diferentes cursos para incentivar alternativas de geração de renda nas comunidades.
  • Desenvolvimento regional: Com o projeto Ecomapuá, investimentos e recursos financeiros estão chegando à região para gerar desenvolvimento.
Quantidade de CO2e 1.623.272
Nº pessoas beneficiadas 2.400
Hectares de floresta protegidos 97.007,22