Guaraí, Itabira, Sta Isabel - Sustainable Carbon
Mata Atlântica

Guaraí, Itabira, Sta Isabel

Comunidade

Assista ao video
do projeto

CONTRIBUIÇÃO PARA
OS OBJETIVOS DO
DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL

Acesse o registro deste projeto

Acesse o registro deste projeto

CONTRIBUIÇÃO PARA
OS OBJETIVOS DO
DESENVOLVIMENTO
SUSTENTÁVEL

DESCRIÇÃO DO PROJETO

Guaraí, Itabira e Santa Izabel estão localizadas no município de Itaboraí – RJ. As Cerâmicas utilizavam óleo pesado (BPF), combustível fóssil derivado de petróleo que gera fuligem durante a queima, causa danos ao sistema respiratório, altamente poluente e de grande contribuição para o aquecimento global, como combustível para a queima dos produtos cerâmicos. Considerando os efeitos negativos do BPF, em 2006, as Cerâmicas decidiram substituí-lo por biomassa renovável, fonte limpa de energia, reduzindo as emissões de gases causadores de efeito estufa e gerando créditos de carbono que, ainda, promove o desenvolvimento sustentável da comunidade local.


Baixe a descrição em PDF

Localização

Localização do projeto

Itaboraí (RJ), Brasil

Tipo de projeto

Biomassa Renovável

Ecossistema

Mata Atlântica

Cobenefício Principal

Comunidade

Standards

VCS + SOCIALCARBON

Registro

Verra Registry

INCLUSÃO SOCIAL

As Cerâmicas contrataram mulheres para trabalhar no processo produtivo como estratégia de responsabilidade social corporativa. A iniciativa em prol da inclusão social é um diferencial, visto que o setor da construção civil é um segmento predominantemente masculino. “A contratação de mulheres está gerando bons resultados. Hoje a perda de produção é menor, pois as mulheres são mais cuidadosas e responsáveis” afirma o Sr. Cardoso, proprietário da cerâmica Itabira. Além de contribuir para uma sociedade mais justa e inclusiva, as Cerâmicas também valorizam a diversidade dentro do ambiente de trabalho. A inclusão não se restringe apenas a contratação de mulheres, as Cerâmicas também contrataram deficientes e ex-presidiários, inserindo esses profissionais no mercado de trabalho.

Benefícios adicionais gerados por este projeto

423.036

Quantidade de CO2e

539

Nº pessoas beneficiadas

Desempenho sob o SOCIALCARBON Standard

O Hexágono demonstra a melhoria contínua do projeto durante todos os períodos de verificação, o Standard do Carbono Social incentiva o reinvestimento de parte da renda proveniente dos créditos de carbono em benefícios socioambientais, mantendo conformidade com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU. Muito além do carbono, é igualdade social.

Para o cálculo do Hexágono foi feita a média dos valores de cada recurso por Point dos projetos.

"Conhecemos e apoiamos os projetos da Sustainable Carbon há 5 anos, incluindo visitas presenciais, o que nos permitiu comprovar a alta qualidade dos projetos e os impactos relevantes que eles têm sobre o clima, o meio ambiente e a comunidade."

— Simon Köppen (Head of Carbon Offset Services na ClimatePartner)

MAIS PROJETOS
DE CARBONO

Argibem, São Sebastião e Vulcão

As Cerâmicas Argibem, São Sebastião e Vulcão, localizadas no estado do Rio de Janeiro, utilizavam óleo pesado (BPF) como combustível para queima das peças. Esse óleo é um combustível fóssil derivado de petróleo, que durante ...

Ler mais

Irmãos Fredi

Localizada no interior de São Paulo, a Irmãos Fredi produz tijolos e blocos que são vendidos para o mercado da construção civil local. Até o ano de 2006, a fábrica utilizava lenha extraída do Cerrado ...

Ler mais

Milenium

Milenium é uma empresa familiar que fabrica diversos produtos no interior do estado de Tocantins. A Cerâmica conta com cerca de 90 funcionários para produzir um milhão de peças/mês. Para isso ser possível, a cerâmica ...

Ler mais