Blog

Estudo revela prioridade de energia renovável em países ricos

Quem entende de dinheiro, apoia sustentabilidade.

A edição de Fevereiro do World Economic Service revelou uma pesquisa que alega que em países em que são importados muitos combustíveis fósseis, os economistas nativos dão enorme prioridade para transição energética.

Ou seja, autoridades do campo da economia apoiam que seus países adotem fontes de energia eficiente e sustentável. Estatisticamente foram 71% dos entrevistados que afirmaram que apoiam a transição de energia.

Outros dados relevantes retirados da pesquisa seria a opinião dos economistas sobre o proeminente, Acordo de Paris, cuja assinatura (por 195 países) completa 3 anos em 2019. Os entrevistados possuem opiniões divergentes em relação ao tratado.

Metade acredita ser improvável que governos se unam para reduzir os efeitos das mudanças climáticas, enquanto um terço acredita que a possibilidade de uma união positiva e um desenvolvimento sustentável é provável.

Leia o estudo na íntegra: http://www.cesifo-group.de/DocDL/WES_1_19.pdf

Fonte: https://www.cleanenergywire.org/news/economists-fossil-fuel-importing-countries-give-high-priority-energy-transition-survey