Blog

Produção Química Mundial irá dobrar até 2030

 

A catástrofe climática aumenta.

Em uma nova reviravolta que não deve surpreender muitos, uma das metas de redução de impactos ambientais com certeza terá que ter seu prazo estendido.

Trata-se da produção química. A mais recente previsão, montada pelo departamento ambiental da ONU, afirma que as nações do mundo não só irão falhar em alcançar a meta mundial de redução de resíduos e desperdícios químicos até 2020, como também a produção desses dejetos irá dobrar até 2030.

A indústria química global chegou a valer mais de U$ 5 trilhões em 2017. A previsão e análise foi apresentada na quarta Assembleia Ambiental da ONU em Nairóbi, Etiópia. Atualmente a indústria consegue produzir 2.3 bilhões de toneladas de materiais químicos.

O relatório afirma que por mais que diversas medidas foram implementadas para reduzir o impacto da indústria química, estas se demonstraram medianas e esporádicas. Por causa disso, a indústria (que fornece matéria-prima para diversas áreas, desde farmacêuticos até agrotóxicos) continuará produzindo enormes quantidades de poluição.

O setor tem uma previsão de crescimento de 6.2% ao ano, entre 2018 e 2023. O crescimento de potências mundiais asiáticas emergentes (principalmente a China) também influenciará o aumento, sendo que a previsão é de que até 2030 mais de dois terços das vendas globais de produção e consumo de materiais químicos acontecerá nessa região.

Em 2016 a OMS estimou que os dejetos da indústria química foi a causa de adoecimento de, no mínimo, 1,6 milhões de pessoas.

Entretanto, não se trata de um problema sem soluções. O relatório da ONU em questão, chamado de Global Chemicals Outlook, afirma que soluções já estão sendo encaminhadas por diversas entidades.

Industriais e empreendedores do setor já estão implementando modelos de negócio sustentáveis. Além disso consumidores estão cada vez mais engajados com impactos ambientais, governos estão realizando medidas preventivas e universidades no mundo todo estão alterando seu sistema de ensino da área para que os alunos pratiquem química sustentável.

Leia a matéria original: https://www.unenvironment.org/news-and-stories/press-release/un-report-urgent-action-needed-tackle-chemical-pollution-global

Leia o relatório: https://wedocs.unep.org/bitstream/handle/20.500.11822/27651/GCOII_synth.pdf?sequence=1&isAllowed=y