Blog

A importância da restauração de ecossistemas

Mais do que beleza natural e proteção do solo, os ecossistemas prestam importantes serviços ecossistêmicos para a humanidade. A manutenção e preservação das florestas garante estabilidade no regime de chuvas e cheias de rios, biodiversidade de fauna e flora, limpeza do ar, e até mesmo barreiras físicas contra poluição alagamentos e sons em grandes cidades.

A garantia da conservação de áreas florestadas e restauração de ecossistemas degradados é essencial para melhorar a condição de vida das pessoas e evitar grandes desastres.

Escolhido como assunto prioritário da ONU para a próxima década, a restauração de ecossistemas, sejam florestais ou não-florestais, vem ganhando agenda nos países. O Brasil possui política pública formalizada em lei (Plano Nacional de Recuperação da Vegetação Nativa) e se comprometeu a recompor 12 milhões de hectares de vegetação nativa até 2030, como parte dos compromissos assumidos no Acordo de Paris. É um dos países que dominam as técnicas de restauração, tendo já restaurado cerca de 700 mil hectares só na Mata Atlântica entre os anos de 2011 e 2015.

Os desafios, os custos e as oportunidades da restauração de ecossistemas para a economia, o meio ambiente e para a sustentabilidade é o tema do novo vídeo da série Pense Verde, do blog O Eco. Você pode conferir no link abaixo.

 

Fonte: https://www.oeco.org.br/blogs/salada-verde/video-o-que-e-restauracao-florestal-por-renato-crouzeilles/