Blog

Mercados globais de carbono crescem 34% em 2019, liderados pela Europa

O mercado de carbono global cresceu pelo terceiro ano consecutivo em 2019, e o valor aumentou quase cinco vezes desde 2017, mostram os cálculos. “Preços fortes e recordes no Sistema Europeu de Comércio de Emissões (EU ETS), que compõe quase 80% do volume global negociado, foram a principal razão por trás do crescimento do valor”, disse Refinitiv em seu último relatório.

O principal fator para o aumento de preço foi a Reserva de Estabilidade de Mercado, que entrou em vigor em Janeiro de 2019, reter um volume significativo de licenças e apertar o lado da oferta, afirmou.

“As propostas do Acordo Verde da nova Comissão Europeia, e conversas sobre a reabertura das metas de reduções de emissão de 2030 também ajudaram. Maiores preços de carbono tornaram as usinas de gás mais competitivas contra o carvão na Europa, e ajudaram a reduzir as emissões,” disse Refinitiv. 

Discussões sobre políticas de clima e energia na Europa tendem a se intensificar em 2020, uma vez que a nova Comissão Europeia começa a apresentar um rascunho de legislação para implementar uma meta de redução de emissão para 2050, assim como ajustar a de 2030.

Além disso, os participantes do mercado estarão de olho na transição de troca do carvão na Alemanha, e as negociações de uma relação futura entre a União Europeia e o Reino Unido pós Brexit, afirma Refinitiv. 

Enquanto isso, os dois mercados de carbono Norte Americanos – o Western Climate Initiative e o  Regional Greenhouse Gas Initiative – viram ambos um aumento no volume e valor  compensado, com o valor previsto para 2019 saltando 74% para 22 bilhões de euros. 

A avaliação global também inclui mercados de carbono na Coréia do Sul e Nova Zelândia e um mercado emergente no México.

Fonte: https://www.cmia.net/news/global-carbon-markets-grow-34-in-2019-led-by-europe-refinitiv/