JL Silva

Lajedo / PE
Cobenefício Principal
Biodiversidade
Cobenefícios relacionados
Tipo de projeto
Biomassa Renovável
Ecossistema
Caatinga
Standards
VCS + SOCIALCARBON®
Registro
Markit™ Environmental

DIVERSIFICAÇÃO DE BIOMASSA

Com o projeto, a Cerâmica JL Silva começou a ir atrás de alternativas de combustíveis renováveis na região, e conheceram uma realidade no nordeste que não sabiam que existia. Segundo o Sr Silva, proprietário da Cerâmica, “Não imaginava, mas há muita variedade de biomassa aqui no nordeste. O que eu acreditava ser lixo é hoje minha fonte de energia”. A Cerâmica usa hoje grande variedade de biomassa, tais como poda de cajueiro e goiabeira, óleo vegetal, casca de coco, entre outros. “A biomassa é muito melhor, além de preservarmos o meio ambiente facilita muito para o funcionário. Antes os funcionários tinham que ir à caatinga pegar lenha para gente queimar. Agora, usamos resíduos da cidade e de outras indústrias” finaliza Sr. Silva.

Descrição do Projeto

JL Silva é uma empresa produtora de tijolos localizada na região nordeste, no município de Lajedo (PE). A fábrica utilizava lenha nativa da Caatinga, bioma exclusivamente brasileiro, como combustível para produzir peças cerâmicas. Para reduzir seu impacto ambiental, em 2006, a fábrica optou por tornar sua produção mais sustentável. Assim, parou de utilizar lenha nativa e investiu em equipamentos que possibilitam a alimentação dos fornos com biomassa renovável, tais como resíduos de poda de caju. Essa mudança proporcionou a redução de emissão de GEEs para a atmosfera e a geração de créditos de carbono. Além disso, desde a implantação do projeto, a fábrica investe na modernização, e gera benefícios para a comunidade do entorno.

Download PDF

Para onde vai seu dinheiro?

Ao comprar créditos de carbono deste projeto você está apoiando, patrocinando, financiando e tornando possível a redução de emissão de gases efeito estufa e diversas iniciativas no ambito social, ambiental e econômico como as seguintes:

Benefícios sociais

• Envolvimento com a comunidade: Contribuição financeira e com material de construção para instituições e membros da comunidade.
• Inclusão social: Reinserção de dois presidiários no mercado de trabalho.
• Bem estar do trabalhador: Oferecimento de benefícios adicionais aos funcionários.

Benefícios ambientais

• Contribuição com mudas de árvores para os fornecedores de lenha de manejo.
• Economia de energia: Instalação de telhas translúcidas para iluminação solar do pátio cerâmico.
• Programa de controle e recuperação das áreas de extração da argila.
• Plantio de 20.000 mudas de eucalipto para uso como biomassa.

Benefícios econômicos

• Introdução de novas tecnologias: Automatização da fábrica, construção de forno mais eficiente e aquisição de equipamentos para controle da queima das peças cerâmicas.
• Expansão do mercado: Novos clientes interessados em produção sustentável.
• Criação de novos mercados para fornecedores locais de biomassa.

Quantidade de CO2e 0
Nº pessoas beneficiadas 0
Hectares de floresta protegidos 0