CAVALCANTE

São Miguel do Guama/PA, Brasil
Cobenefício Principal
Bem Estar do Trabalhador
Cobenefícios relacionados
Tipo de projeto
Biomassa Renovável
Ecossistema
Amazônia
Standards
VCS + SOCIALCARBON®
Registro
Markit™ Environmental

MAIS SEGURANÇA E SAÚDE DA INDÚSTRIA DA CERÂMICA

Com a renda proveniente da venda dos créditos de carbono, a Cavalcante optou por investir em um ambiente favorável à segurança e bem-estar dos trabalhadores.

Para isso, em 2009, o empreendedor contratou uma técnica de segurança do trabalho, presente uma vez por semana na Cerâmica, para garantir o correto uso dos equipamentos de proteção individual e colocar em prática programas de saúde ocupacional.

Além disso, em 2012, a fábrica construiu um auditório no qual são oferecidos palestras e treinamentos aos funcionários. Segundo a técnica de segurança, Bárbara Fernandes, “As palestras de segurança eram realizadas no pátio da Cerâmica, não havia um espaço adequado. Hoje, o diálogo está muito melhor, com a construção do auditório tenho os recursos necessários para realizar o treinamento que preciso”.

Descrição do Projeto

A Cavalcante é uma fábrica de tijolos localizada em São Miguel do Guamá (PA). Para produzir as peças cerâmicas, a fábrica alimentava seus fornos com 1.700 m³/mês de lenha proveniente da Amazônia, a maior floresta tropical do planeta.

Ciente de seus danos ao meio ambiente, em 2007, a empresa implantou um projeto de crédito de carbono para modificar essa realidade.

Com o projeto, a empresa passou a utilizar apenas biomassas renováveis como combustível, entre elas, o caroço de açaí, a fibra de palmeira e serragem.

Além da redução de emissões de GEEs e a diminuição da pressão sobre o bioma amazônico, o projeto gera renda para que a Cerâmica contribua com outros benefícios sociais e ambientais para os trabalhadores e comunidade do entorno.

Download PDF

Para onde vai seu dinheiro?

Ao comprar créditos de carbono deste projeto você está apoiando, patrocinando, financiando e tornando possível a redução de emissão de gases efeito estufa e diversas iniciativas no ambito social, ambiental e econômico como as seguintes:

Benefícios sociais

  • Desenvolvimento da comunidade: Contribuição com milhares de tijolos para construção de centro comunitário, clube recreativo e associação de desenvolvimento cultural de São Miguel do Guamá.
  • Capacitação dos trabalhadores: Oferecimento de treinamentos e cursos.
  • Infraestrutura para os trabalhadores: construção de auditório, ambulatório e banheiros novos.

Benefícios ambientais

  • Redução do consumo de cerca de 20.000 m³ por ano de lenha nativa, reduzindo a pressão sobre o bioma Amazônico.
  • Comprometimento com o meio ambiente: Recuperação das áreas degradadas na extração de argila.
  • Gestão de resíduos: Reutilização dos resíduos no processo produtivo e aproveitamento das peças com defeitos para tapamento de buracos em estradas locais.

Benefícios econômicos

  • Modernização das instalações: Renovação dos banheiros e construção de galpão para armazenamento da biomassa para melhorar as condições de bem estar dos trabalhadores.
  • Criação de novos mercados para fornecedores locais de biomassa.
  • Aumento de recursos financeiros para investimentos socioambientais, com a venda dos créditos.
Quantidade de CO2e 0
Nº pessoas beneficiadas 0
Hectares de floresta protegidos 0