O primeiro projeto Gold Standard na Colômbia

A Sustainable Carbon finalizou a verificação do primeiro projeto Gold Standard desenvolvido na Colômbia.

Para alcançar essa certificação, a cerâmica Santander realizou a troca do forno, aumentando a eficiência energética, e substituiu parcialmente o combustível, que agora conta com utilização de biomassa renovável e menos carvão mineral. Esta é a primeira indústria cerâmica na região de Bogotá a consumir biomassas renováveis ao invés de carvão.

Evolução da substituição de combustível na cerâmica Santander:

Gold Standard

* base em quantidade de combustível

A certificação Gold Standard é a certificação mais rigorosa a nível mundial para projetos de redução de emissão de GEEs.

No total, a cerâmica Santander deixou de consumir mais de 25 mil toneladas de carvão. Com isso, a estimativa é que com cada tijolo sustentável, com peso de 6kg, a cerâmica deixe de emitir 1kg de CO2 na atmosfera.

O gráfico abaixo mostra a evolução dessa redução de emissões ao longo dos últimos 4 anos.

Gold Standard

 

Uma receita boa para o meio ambiente e uma receita econômica para a empresa, já que os créditos de carbono gerados auxiliam na manutenção do projeto.

A transformação da cerâmica com projetos de créditos de carbono vem acompanhada de muitos benefícios sociais, ambientais e econômicos para os administradores e para a comunidade local.

 

Benefícios Sociais

  • Consulta pública: realização de reuniões com a presença de membros da comunidade e organizações para esclarecer o projeto e fornecer uma oportunidade para que as partes interessadas discutissem e opinassem sobre o projeto.
  • Mais saúde e segurança para os trabalhadores.

 

Benefícios Ambientais

  • Redução do uso do combustível fóssil carvão mineral;
  • Uso de tecnologias mais eficientes: melhoria de 32% na eficiência energética;
  • Em sete anos de projeto, aproximadamente 175 mil toneladas de CO2 equivalente deixarão de serem emitidas para a atmosfera.

 

Benefícios econômicos

  • Avanço tecnológico: substituição dos fornos ineficientes por tecnologias modernas de alta eficiência energética.
  • Incentivo ao mercado local: primeira cerâmica da região a utilizar biomassas renováveis

 

Com essas melhorias, a cerâmica ficou mais eficiente, o mercado da região metropolitana de Bogotá agora é abastecido com produtos que agridem menos o meio ambiente e promovem o desenvolvimento sustentável.

O projeto chamou atenção da Climate Partner que comprou todos os créditos de carbono gerados com a redução dos Gases de Efeito Estufa e também, aqueles que ainda serão gerados!

 

Confira o vídeo que produzimos em parceria com eles.