Blog

Empresas de tráfego aéreo começam a investir em redução de GEEs

21/03/2017

 

A fim de ajudar as empresas controladoras de tráfego aéreo a melhorar suas performances ambientais, a Organização Civil de Serviços Aéreos (CANSO, em inglês) publicou recentemente um guia de boas práticas de pegada de carbono para esse setor. Focando principalmente no gerenciamento dos impactos da emissão de carbono de infraestruturas como prédios de energia e serviços de logística, o guia deseja proporcionar a essas empresas uma alternativa capaz de medir, monitorar e reduzir suas emissões.  

O guia foi elaborado pela vertical ambiental do CANSO e baseado em uma série de cases de empresas desse tipo que já implantaram programas de pegada de carbono e conseguiram reduzir suas emissões. Exemplos esses que desejam encorajar e oferecer opções para que esse negócio seja mais sustentável.

 

Como isso pode acontecer?

Com um vasto sistema de comunicação e infraestrutura de navegação e a necessidade de operar com segurança e resiliência 7 dias por semana, as empresas de controle de tráfego aéreo são negócios com intenso consumo de energia. E, por isso, possuem um papel importante tanto na redução de emissões de gases de efeito estufa quanto diretamente no impacto da operação de suas instalações.

Existem muitas razões para que essas empresas monitorem suas emissões. A mensuração da pegada de carbono de uma empresa torna possível a identificação de áreas da empresa que mais poluem, por exemplo, possibilitando a implementação de novas e inovadoras tecnologias de baixo carbono.

Uma economia de US$ 5 milhões ao ano 

Um bom exemplo foi a redução de 30% no consumo de energia de uma empresa inglesa de controle de tráfego aéreo desde que começou a mensurar suas emissões em 2008. No processo, essa redução gerou uma economia de US$ 5 milhões ao ano e dezenas de milhões desde que o programa começou.

Aeroportos e sistemas de tráfego aéreo, em geral, são mal vistos por causa dos seus impactos ambientais e da falta de compromisso com a responsabilidade social. Relatórios de emissões de gases de efeito estufa são capazes de ajudar essas companhias a gerenciar suas metas de sustentabilidade e a monitorar suas performances ambientais. Além de ajudar a manter mais transparência e credibilidade diante do público.

 

Se você está ligado a empresas desse setor, converse com a Sustainable Carbon e saiba como mitigar suas emissões.