Blog

Brasil reafirma apoio ao Acordo de Paris em reunião de chanceleres

22/02/2017

O Brasil reafirmou seu compromisso em cumprir com o Acordo de Paris, em reunião de chanceleres preparatória para o encontro do bloco G20. Em Bonn, na Alemanha, o chanceler brasileiro José Serra, afirmou: “não há mais margem para o ceticismo em relação à mudança do clima” e lembrou que o Acordo de Paris é irreversível.

O Brasil enfrenta sérios problemas para cumprir o acordo, como o desmatamento desenfreado da Amazônia, mas parece estar disposto a mostrar sua posição contrária a Donald Trump neste assunto. Aliás, essa já foi uma primeira amostra, já que no mesmo encontro estava presente, pela primeira vez, o novo secretario de Estado dos EUA, RexTillerson – cético climático e ex-presidente da Exxon, empresa de combustíveis fósseis.

Além de Serra, o chanceler alemão, Sigmar Gabriel, também enviou um recado claro a Tillerson. “A mudança climática não pode ser enfrentada com arame farpado”, disse, referindo-se à ideia de Trump de construir um muro na fronteira dos EUA com o México. Aliás, sob o comando de Angela Merkel, a Alemanha tenta tornar o G20 um bloco unificado em torno das metas do Acordo de Paris, com o propósito de reduzir o impacto de uma possível saída americana.

Tillerson ainda não deu nenhuma indicação clara da posição dos Estados Unidos. Mas é bom saber que o Brasil está afirmando uma posição do lado certo.

A Sustainable Carbon possui projetos em todo o Brasil que visam a mitigação das mudanças climáticas. Enquanto os políticos tentam se resolver, que tal conhecê-los e contribuir com a gente?